Atividades Educativas

A Equipe Pedagógica da Obra do Berço elaborou para o ano de 2020 um projeto de extrema importância com tema: Criança arteira – Faço arte com brincadeira!

Infelizmente hoje em dia, é cada vez mais comum acelerar o processo de desenvolvimento infantil em consequência do excesso de estímulos presentes na rotina das crianças. Estamos vivenciando tempos onde a superestimulação precoce obriga crianças a amadurecerem cedo demais, provocando o fenômeno da “adultização” ou perda da infância. Há uma falsa ideia de que elas precisam estar preparadas e serem competitivas para terem êxito numa corrida rumo à perfeição. E desde muito cedo, são ocupadas com atividades e treinamentos de habilidades sem tempo livre na agenda. É uma geração que já nasce inserida no contexto tecnológico com acesso ilimitado a smartphones, tablet, jogos de videogame ou excesso de TV.

Entretanto, nunca tivemos uma geração tão despreparada para as interações e diferentes formas de convivência. Refletindo sobre a necessidade de uma educação mais criativa e adequando-se a nova Base Nacional Curricular, a Obra do Berço propõe em 2020, um projeto que respeite a infância e resgate o comportamento natural e espontâneo de toda criança em ser arteira!

Mas o que é ser uma criança arteira? É aquela criança que é movida pela curiosidade e naturalmente inquieta. Fez faz mil perguntas e explora o mundo que a cerca botando o dedo aqui e ali, andando descalço, pegando formiga, subindo em árvore, sujando-se de lama, desenhando em paredes…

Brincar é essencial!

Para uma criança, a vida é um grande experimento, uma grande aventura a ser explorada e descoberta. Brincar é um patrimônio imaterial da humanidade e quem não brinca não sabe o que é viver!

Dentro de todas as suas fases, a Psicomotricidade tem o principal papel de atuar no desenvolvimento da criança para um melhor relacionamento com o mundo!

Nina Camilo - Professora de Educação Física e Psicomotricista

Parceiros da Obra do Berço